Anunciando o Evangelho do Reino

segunda-feira, 14 de julho de 2014

A Doutrina da Separação



Definição de termos:

Doutrina : é um conjunto particular de idéias religiosas, sociais ou políticas juntas em um grupo de pessoas que a professam. Doutrina também pode ser entendido como "ensino".

Separação : é a ação e o efeito de separar-se. Algumas outras definições dizem separação é o ato de separar duas ou mais coisas.
Na Bíblia notamos o significado de separação através dos seguintes exemplos:

2 Coríntios 6:17-18 
"Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor, e não toqueis coisa imunda; E eu vos receberei, e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso". 

O apóstolo Paulo incentivou os coríntios a separarem-se  das coisas deste mundo, afastar-se daqueles que preferem servir o príncipe deste século corrompido, pois dessa forma são recebidos como filhos de Deus. Se não há uma separação entre nós e o mundo, não devemos nem sonhar em sermos chamados filhos de Deus.

Romanos 12:2 
"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a Deus boa, agradável e perfeita".

Fazer a vontade de Deus, é o que nos leva a nos separar dos costumes e tradições mundanas. Nos conformar com este mundo e o que ele nos oferece é declarar que Deus não é importante para nós. Não devemos nos encaixar neste mundo, devemos permanecer separado em todos os aspectos, carnal e espiritual. Aqueles que pensam que temos de nos tornar como o mundo, a fim de "ganhar almas" estão em equivocados, temos de ser diferentes do mundo, ser luz, ser o sal da terra, dando verdadeiro testemunho de vida cristã com nossas ações baseadas nos mandamentos do Senhor. Entretanto, ir viver para além da sociedade também está incorreto, porque se a vivemos escondidos do mundo, como seremos a luz do mundo? (Mateus 5:14-16) . Separação não faz referência ao fugir da sociedade, mas para viver um estilo de vida diferente, ligado aos ensinamentos simples de Jesus, vivendo com uma mentalidade e um sentimento diferente, demonstrando através de nossas boas obras de justiça que é possível viver do jeito que Deus quer.

Lucas 16:26 
"Além de tudo isso, há um grande abismo entre nós e vós, de modo que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem de lá para nós".

Aqueles que morrem antes do julgamento por vir, vão para um lugar onde se espera o julgamento de Deus, após a morte física há uma separação, essa separação vem da vida terrena, isto é, aqueles que fizeram o mal aos olhos de Deus (na vida) aguardam a sentença em um lugar de tormento; mas aqueles que fizeram o bem aos olhos de Deus, esperaram a vida eterna (de acordo com Jesus, num lugar de descanso). Há uma falsa esperança de que no dia em que morrer, haverá tempo para se arrepender, porém, é agora que devemos deixar o mau caminho; a separação é agora e sempre, antes e depois desta vida.

O mundo é o sistema de vida material e física controlado por Satanás (Lucas 4:5-8), que trabalha contra Deus e envolve a humanidade em descrença e desobediência oferecendo desejos passageiros.

1 João 2:15-17 
"Não ameis o mundo, nem as coisas que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo que há no mundo, o desejo da carne, o desejo dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e os seus desejos com ele; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre".

Há uma separação entre as coisas de Deus e as coisas do mundo, a principal diferença é que as coisas do mundo perecerá, no entanto, as coisas de Deus permanecerá para sempre. Muitos se enganam com a ideia de que eles podem ter a Deus e ao mundo ao mesmo tempo; no entanto, esse tipo de pensamento tem levado a um "falso cristianismo", uma vida fácil e confortável, onde não importa o quanto ama o mundo, você acha que Deus ainda vai continuar te considerando como um dos seus filhos; este é um dos maiores enganos deste tempo, e o diabo tem trabalhado para que esse engano continue a se expandir na humanidade, e, infelizmente, muitos acreditam nisso e estão se perdendo. Ou somos do mundo ou somos de Deus, frio ou quente, Deus odeia o morno, Deus quer preencher todo o nosso ser, Ele quer toda a nossa vida, não acho que ele irá ignorar qualquer coisa que ocupa parte do nosso coração (mesmo que as coisas ocupem um espaço pequeno) Deus quer tudo, e na verdade Ele é digno de tudo, tudo é dele. Ao contrário do que é ensinado nas igrejas denominacionais, o Senhor quer que vivamos em santidade (1 Pedro 1:15), separados para Ele, para viver disposto a ser seu instrumento neste mundo, totalmente consagrado a sua vontade. Nós não podemos ser santos em toda maneira de viver, se nos envolvemos nas coisas que este mundo oferece.

Verdades que regem a separação do mundo 

A ordem estabelecida por Deus

Uma vez que Deus criou o mundo, Ele estabeleceu uma ordem, através de sua infinita sabedoria o Criador de todas as coisas acomodou cada aspecto de sua criação com perfeição, sem erros, todos feitos com objetivo preciso. Esta ordem também foi estabelecida ao criar a raça humana,e desde o início, quando o homem decidiu seguir seu próprio caminho rendendo-se ao diabo, deixando de lado o senhorio de Deus. Adão morreu por sua desobediência, ou seja, separado de uma relação direta com Deus, isso trouxe uma separação entre Deus e o homem (Gênesis 3)

Deus governa no céu e Ele tem o controle sobre todo o universo, tudo funciona por meio do poder do Senhor. E da mesma forma que Deus fez os céus e a terra, também os desfará (2 Pedro 5:7). Deus tem o controle sobre a humanidade, sobre a sua existência e sua morte, vemos que em Atos 17:26 diz: "E de um só fez todas as raças dos homens, para habitar sobre toda a face da terra; determinando-lhes os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação"; e também diz em Deuteronômio 32:8: "Quando o Altíssimo dava às nações a sua herança, quando separava os filhos dos homens, estabeleceu os termos dos povos conforme o número dos filhos de Israel."

Embora o mundo tenha entregado o poder ao maligno para ser o príncipe deste mundo, e por causa disso o diabo tem poder neste mundo, mas Deus ainda tem o controle sobre todas as coisas, e até mesmo Satanás tem que lhe prestar contas (Jó 1:6,7). Há também uma ordem estabelecida das coisas por vir, o que sabemos através de sua Palavra revelada a todos por Sua graça.

O Pecado traz Separação

Na terra vivem aqueles que pertencem ao povo de Deus e os que pertencem ao mundo. Por causa da desobediência do homem (Gênesis 3) houve a necessidade de separação, primeiro na relação entre Deus e os homens, em seguida, entre os próprios homens, referindo-se aqueles que obedecem a Deus e aqueles que não o obedecem. A desobediência de Caim trouxe uma cidade cheia de mal que vivia longe de Deus (Gênesis 4.16-24 e 6.1-7), ao contrário, dos descendentes de Sete, temos o exemplo de homens justos e obedientes a Deus como Enoque, Noé e Abraão. Um povo que nunca pertenceu a este mundo.

Deus nos chamou para sermos salvos desta geração perversa (Atos 2.40), separar-nos de quem vive na maldade, para não termos o mesmo objetivo, sentimento e a mesma mente daqueles que seguem o maligno; aqueles que decidiram ouvir a Deus encontraram o caminho da verdade e agora conseguem discernir entre a luz e as trevas, porque eles decidiram fazer o bem aos olhos de Deus e deixar o caminho deste mundo.

CONCLUSÃO 

Falamos de um alto padrão, muitas pessoas afirmam ser povo de Deus, mas vivem como o mundo, e não são diferente dos outros. Verdadeiros cristãos vivem se esforçando a cada dia para viver de forma adequada e agradável ao Senhor, passando pelo caminho estreito, tomando a sua cruz, e isso não é fácil, este caminho não é agradável para a carne, ao contrário causa sofrimento. Nós vivemos como estrangeiros em um lugar que não é a nossa casa, estamos de passagem, à medida que avançamos em direção a nossa pátria celestial, pregando o evangelho do reino e nos mantendo longe da corrupção do mundo (Tiago 1:27) permanecendo livres da escravidão.

Separados do Mundo, Unidos a Cristo!

Você Está Levando a Bíblia a Sério?




Certa vez ouvi alguém dizer: "Quando você tem que fazer escolhas entre o bem e o mal, imagine que você está em pé diante do tribunal de Cristo. Quando o pecado perderá seu encantamento. "
Então, diante do Senhor naquele grande e terrível dia, gostaria de saber se ...

- Você terá vergonha de vestir-se "com muita modéstia" e ter sua cabeça coberta com um véu (no caso das mulheres)?

-Você terá vergonha de não adornar-se com jóias, acessórios ou maquiagem (se mulher)?

-Você terá vergonha de ter amado "demais" os seus inimigos ao ponto de parecer um tolo que permite ser pisado?

-Você terá vergonha de ter permanecido puro (a) e fiel ao seu primeiro (a) e único (a) cônjuge, mesmo se o seu cônjuge não era?

-Você terá vergonha de ter tido "muito cuidado" com o tipo de música que você ouve?

-Você terá vergonha de ter sido "muito rigoroso" abstendo-se de todas as formas de entretenimento mundano (como cinemas, shows, parques temáticos e atrações, etc.)?

-Você terá vergonha de ter compartilhado a verdade com alguém, mesmo que o ofenda, e custe em alguns casos,  perder a relação com essa pessoa?

-Você terá vergonha de ter "doado muito" para aqueles que precisam?

-Você terá vergonha de ter "gasto muito do seu tempo" com os idosos e os solitários?

"Você terá vergonha de ter se mantido (a) puro antes do casamento. Ou de nem mesmo ter tocado no sexo oposto antes e fora do casamento?

-Você terá vergonha de ter tirado de  sua casa todo item desnecessário?

-Você terá vergonha de ter vivido uma vida simples (privar-se das coisas) para tirar proveito de seu tempo e dinheiro para ministrar aos outros?

Resumindo:  Você terá vergonha de ter feito todas as opções acima?

Você está levando a Bíblia "muito a sério"?  Você realmente acredita que Jesus é o Senhor? Se sim, então todas as áreas da nossa vida deve refletir isso. Se você não acredita ou não vive isso, então você ainda está um passo atrás.

quinta-feira, 3 de julho de 2014

A VESTIMENTA DA MULHER CRISTÃ

(Um mandamento ou uma questão de opinião?)




O significado de beleza hoje foi distorcido e mal interpretado; Deus não vê como vê o homem a beleza, Ele nos diz claramente o significado que ele deu a esta, desde o início, a Bíblia nos ensina que a verdadeira mulher cristã deve ser por dentro e por fora. Primeiro fala em 1 Timóteo 2:9 que as mulheres cristãs devem usar vestuário adequado, modesta e discretamente vestida, ou seja sem uma roupa denotando algum aspecto ou formato do seu corpo (blusas de lycra, decotes, calças e até mesmo saias ou vestidos da mesma ) ou qualquer roupa que muito "solta", seja exposto o teu corpo ao olhar de um homem, até mesmo roupas como saias ou vestidos podem ter esse efeito (se não forem pudica); em seguida, continua dizendo o texto: não com tranças, ou pérolas, ou vestidos custosos, mas com boas obras, como convém as mulheres que professam piedade. Isto é, não para serem vistas pelos homens ou mesmo vendo a si mesmas como “bonitas”, porque, como mulheres tendemos a inclinar nossos corações para a vaidade, é por isso que o Senhor procura nos guardar de tudo o que o mundo oferece (brincos, maquiagem, cortes de cabelo, tinturas, etc.) ou o que agrada a nossa carne; tudo o que pode nos levar a perder de vista o que é verdadeiramente importante para Ele. Outro texto em 1 Pedro 3:3-5 fala de um espírito manso e tranquilo, que é precioso aos olhos de Deus, também em 1 Coríntios 11: 2-16 fala da cobertura de mulheres em sua cabeça (o véu). Estes versículos nos ensinam que para o Senhor é mais importante que trabalhemos dentro de nós em nosso interior, já que o exterior é apenas um reflexo do que está dentro, de modo a manter o nosso exterior modesto como  mulheres que professam piedade, podemos também salvar o nosso próximo; então lembre-se de que o Senhor Jesus disse em Mateus 5:28: qualquer que olhar para uma mulher com desejo de cobiça-la,  já cometeu adultério com ela em seu coração. Um olhar é o suficiente para cometer esse pecado, então ao seguir as instruções de nosso Senhor, guardamos nosso próximo de cair em adultério com os olhos e de fazer-nos participantes deste pecado. Diligentemente devemos examinar esses versículos, que são as práticas da vida cristã que estão sendo esquecidas e negligenciadas na maioria das igrejas; ou só praticada pela metade ou no domingo, criando justificativas e desculpas para obedecê-las e considerando-as como legalismo, mas Deus exige obediência absoluta; não apenas um dia por semana, ou apenas alguns mandamentos.
Deus nos chamou para a liberdade, e deu-nos a liberdade, certamente já ouviu esta frase muitas vezes, mas mal utilizada, porque eles falam de uma liberdade distorcida que na verdade se torna libertinagem (liberdade de escolher o que quer ou não obedecer, com conveniência), a Escritura diz sobre isso: "Como nuvens e ventos que não trazem chuva é um homem que se orgulha de uma falsa liberdade" (Salmo 25:14) é verdade que o Senhor nos deu a liberdade; em João 8:34-36 nos fala dessa liberdade; nos diz que o Senhor nos libertou do pecado, éramos escravos do pecado e Ele nos libertou, Louvado seja Deus por isso. Mas isso não significa que ele nos deu a liberdade de escolher o que vamos ou não obedecer; sobre maquiagem, a Bíblia fala de uma mulher que pintou os olhos em 2 Reis 9:30; essa mulher Jezabel, (olhando mais a fundo), ela fez isso para seduzir os homens, e para que as mulheres usam maquiagem hoje? Por que combinar roupas e usar brincos e enfeites? Não é para o mesmo, para chamar a atenção dos homens? É verdade que nem todas fazem isso, posso dizer de mim mesma que não me maquiava para isso, mas também fazia por um motivo carnal, para agradar EU MESMA, para me sentir bem, para ficar bom; BOM? Deus não fez tudo e disse que ara bom, ou talvez faltou um pouco de feminilidade? Será que podemos melhorar ainda mais... Acreditas nisso? Podemos ajudar a melhorar o seu trabalho do Senhor? Qual é a essência disso?  1 João 2:15-16 "concupiscência dos olhos, a soberba da vida, não procede  do Pai"
Sobre os brincos em 1 Timóteo 2:9 diz (não ouro, ou pérolas) é claro, naquela época não havia todas as joias de plástico, vidro, etc. hoje existem, os brincos foram feitos a partir desses materiais, mas a essência de evitar a vaidade, porém se  entende a essência de evitar a VAIDADE, e que o enfeite não seja EXTERNO (1 Pedro 3:3). Não se trata de opinião pessoal; é mandamento: "Não se enfeite com coisas externas.”.  
Sobre o que muitos comentam das calças (que pode ser usado, desde que solta e não tão apertado), nós nunca vimos calças mesmo folgadas que não se ajuste ao seu corpo ao se abaixar e agachar.
O Senhor nos manda que não amemos o mundo, NEM AS COISAS QUE ESTÃO NO MUNDO. Qualquer coisa que tenha a ver com este mundo, Ele pede que seu comportamento, suas palavras, suas ações, seu interior e exterior sejam de uma mulher professa piedade.
Você honestamente acha que o Senhor te criou perfeita? Então não precisamos de nada disso.
O Senhor te abençoe e te dê a luz


Por Marisol Jimenez

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

A volta de Cristo.

Compartilhando o texto de 2 Pe 3, que relata a volta de Cristo. Como será e como devemos estar quando esse dia chegar.


Graça e Paz!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Frases Para Reflexão

                     Meditando em nossas Vidas 



“Se você não tem nenhum desejo de levar outros para o céu, você mesmo não está indo para lá.

“Livre-se desta conversa fiada de ‘cristão carnal’. Se você é carnal, você não é salvo.”

''Existe uma grande diferença entra conhecer a Palavra de Deus e o Deus da Palavra''

''No céu ninguém usa coroa, se não carrega uma cruz aqui embaixo''

''Não foi nos momentos de popularidade que a verdadeira igreja triunfou, mas, sim, nas horas de adversidade''

''A Bíblia não nos foi dada para aumentar nosso conhecimento, mas para mudar nossas vidas''

sexta-feira, 21 de junho de 2013

SANTIFIQUEM-SE!
Hebreus 12.14-29
“Segui a ... santificação” (ARA)
“Esforcem-se ... para serem santos” (NVI)
Você precisa voltar-se totalmente para o Senhor, precisa abster-se de toda impureza. Temos visto como o mundo caminha, já ouvimos como o RJ, está, já foi falado sobre isso. O mundo jaz no Maligno.
Minha finalidade é frisar que você e eu precisamos nos esforçar para sermos santos, porque sem santidade ninguém verá o Senhor, sem santidade você não será salvo!
Santificação:
O processo pessoal pelo qual o crente é conformado cada vez mais a Cristo. É um refazer contínuo do cristão, por meio do Espírito Santo; é a permanente consagração do corpo e da alma a Deus. Na santificação o cristão oferece a si mesmo como sacrifício a Deus. Mas isso não ocorre sem grandes lutas. Exige a limpeza da corrupção da carne e a renúncia do mundo. Exige arrependimento, mortificação e conversão diária.
Qual o valor de lutar contra a carne, contra os desejos do mundo, de se esforçar para ser santo?
1º SEM SANTIDADE NINGUÉM VERÁ O SENHOR. V.14
Existem aqueles que pensam que quando chegarem ao céu, na glória, então serão santos como Deus é. ERRADO!
O texto nos diz para sermos santos AGORA, pois só assim veremos o Senhor (seremos salvos).
Não é esperar para ser santo, é começar sua santidade agora.
1Pedro 1.14-16 “Como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: Sejam santos, porque eu sou santo”.
Ser santo como Deus é santo, como Jesus foi santo aqui, devemos ser como ele, nos amoldar a Cristo.
1João 2.6 “...aquele que afirma que permanece nele deve andar como ele andou”.
É agora, andar como ele, ser santo como ele, enquanto o aguardamos.
2Pedro 3.11-12 “...Vivam de maneira santa e piedosa, esperando o dia de Deus e apressando a sua vinda...”
Não é para ser santo quando Jesus voltar, é agora, antes dele voltar. Ter uma vida piedosa, andar como Jesus andou, permanecer nele para que quando ele vier não sejamos envergonhados naquele dia diz o apóstolo João (1João 2.28).
O dia que se chama hoje é a oportunidade de você se tornar santo, de começar a luta para permanecer em santidade, para estar pronto para o grande dia. Busque a santidade sem ela você não será salvo, não verá a Deus.
2º A GRAÇA NÃO ACOBERTA O PECADO V.15
“Não se exclua da graça de Deus” (NVI)
“Não se separe da graça de Deus” (ARA)
“Não se prive da graça de Deus” (ARC)
Excluir-se, separar-se ou privar-se da graça de Deus, nos dá a ideia de a graça não é permanente na vida do cristão, ou pelo menos o cristão pode fazer algo que atrapalha a ação da graça de Deus.
Em 2º Coríntios no final do cap.5 Paulo está falando da reconciliação que os homens podem ter com Deus em Cristo, pois Jesus em seu sacrifício pagou a dívida do pecado. Ao terminar essa explicação, Paulo fala no início do cap.6: “...insistimos para não receberem em vão a graça de Deus”.
Ele diz que agora é o dia da salvação.
Entendo que a graça tem que operar mudança na vida do cristão, tem que torná-lo salvo em Cristo, se não está havendo mudanças na vida de um cristão, ou ele não recebeu a graça, ou ele tem recebido ela em vão.
Existe um erro muito comum que nos dias de hoje tem crescido mais e mais, o de achar que sou salvo pela graça, mas posso continuar do jeito que eu era antes. Assim, há muitos cristãos que não se esforçam para ter santidade, continuam com impurezas em sua vida, ainda há pecados que já deveria ter se livrado, não tem uma vida justa e piedosa, muito menos santa diante de Deus, e acha que a graça o salvará. A GRAÇA NÃO ACOBERTA O PECADO!
Em Romanos 5.20 tem uma frase que é muito utilizada, neste caso aqueles que querem acobertar seus pecados a usam de forma errada. Está escrito assim:
 “...onde abundou o pecado, superabundou a graça...” (ARA)
“...onde aumentou o pecado, transbordou a graça...” (NVI)
Com isso Paulo não está querendo dizer que você pode pecar a vontade porque a graça acobertará o seu pecado. O próprio Paulo explica isso na sequencia. Cap.6.1-3
“Que diremos então? Continuaremos pecando para que a graça aumente? De maneira nenhuma! Nós, os que morremos para o pecado, como podemos continuar vivendo nele? Ou vocês não sabem que todos nós, que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos batizados em sua morte. Portanto, fomos sepultados com ele na morte por meio do batismo, a fim de que, assim como Cristo foi ressuscitado dos mortos mediante a glória do Pai, também nós vivamos uma vida nova.”
Não importa o tamanho de seu pecado, a graça de Deus pode alcançá-lo e trazer o perdão. É isso que o texto diz, mas uma vez que você foi alcançado pela graça, não é para continuar vivendo como vivia antes se apoiando na graça, pois no batismo você foi perdoado em Cristo, mas também nasceu para uma NOVA VIDA.
O poder da graça não é só para perdoar, mas também para transformar!
Em Tito 2.11-12 está escrito: “Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente, enquanto aguardamos a bendita esperança: a gloriosa manifestação de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo”.
A graça nos transforma, para vivermos em santidade nesta era presente! Enquanto aguardamos a volta de Jesus.
Não é para sermos santos e transformados quando chegarmos lá, é para sermos santos e transformados para poder chegar lá.
Em Judas 4 havia alguns que usavam a graça de Deus como pretexto para viver de forma libertina.
Não! A graça não acoberta o pecado, a graça te livra do pecado, ela lhe transforma, ela lhe impulsiona a viver em santidade. Então não receba em vão graça de Deus, livre-se do pecado, não se exclua da graça de Deus. Em Hebreus 12.15 diz: “Cuidem-prestem atenção para que ninguém se exclua da graça de Deus”
No v.16 ele usa o exemplo de Esaú, que por causa de uma refeição vendeu os direitos de filho mais velho, vendeu sua herança, sua benção, por um prazer momentâneo. Com isso o exemplo é aplicado a nós: Não troque a benção de ser aceito como filho de Deus por um prazer desse mundo, um prazer momentâneo, não venda a graça de Deus pelos prazeres mundanos!
No v.17 Esaú depois tentou conseguir de volta, mas era tarde de mais, foi rejeitado, embora buscasse com lágrimas.
Nós vimos em 2Coríntios 6 “Não recebam em vão a graça de Deus; agora é o dia da salvação.”
Conserve a graça de Deus em sua vida, você também tem direito de primogenitura v.23, fazemos parte da igreja dos primogênitos.
Então não troque a graça de Deus pelas coisas do mundo, ao contrário conserve-a, se santifique, busque transformação.
(EX: Calvinista)
3º A FALTA DE SANTIDADE TEM CONSEQUÊNCIAS ETERNAS V.25
Cuidado!
Moisés conduzindo o povo de Israel pelo deserto chegou a um monte sagrado, e eles ficaram aterrorizados. V.18-21
Nós temos chegado a um lugar muito mais sagrado! V.22-24
Por isso cuidado! V.25
Se o povo de Israel no deserto foi punido porque rejeitava a orientação de Moisés, desobedeceram não se santificaram por isso eles não entraram na terra santa, morreram no deserto. Quanto mais nós, aquele que nos guia é Cristo o Filho de Deus (Hebreus 1.1-2). Nós não podemos brincar!
V.28-29 Recebemos o Reino de Deus, como devemos viver nele?
Não brinque com Senhor, pois o Deus de graça também é FOGO CONSUMIDOR!
É tempo de sermos santos, nos dedicarmos ao Senhor, de corpo e alma, é tempo de nos separarmos, de não nos amoldar ao mundo, é tempo de sermos reverentes, piedosos. Não confie na sua consciência tranquila, pois ela pode estar cauterizada, e você pode penar que está tudo bem quando não está nada bem, não confie em seu coração, pois o coração do homem é enganoso.
Se apoie apenas no que diz as Escrituras. E ela diz: Esforcem-se para serem santos, porque sem santidade ninguém verá o Senhor.
Sem santidade você não será salvo!
V.25 – Não rejeite aquele que fala.

Quem fala é o Espírito DO Senhor, e quem tem ouvidos ouça!  


Radix

quarta-feira, 19 de junho de 2013

É correto um cristão participar de Manifestações e Passeatas?

Será que a Bíblia permite um cristão verdadeiro apoiar ou realizar manifestações contra o governo ou algo relacionado?

Hoje acompanhamos muitos cristãos, apoiando as manifestações sobre aumento de passagem e etc.
Irmãos, somos seguidores de Cristo. E aqueles que são seguidores não deveriam sequer praticar essas coisas ou aprovar aqueles que praticam. 1 Pedro 2:12 diz para nós vivermos entre os pagãos de modo exemplar para que mesmo que eles nos acusem de algo observem nossas boas obras. Você vendo aquela enxurrada de pessoas, todas aglomeradas quem você pode dizer quem é cristão ou não? será que podemos diferenciar? Malaquias 3:18 diz: '' Novamente se verá a diferença entre o justo e o ímpio, aquele que serve a Deus e o que não serve'' eu pergunto: como você vendo todas pessoas juntas diriam quais que são servas de Deus?
Outro ponto é que 1 Pedro 2: 11, diz que nós somos forasteiros e peregrinos nesse mundo, ou seja, estamos somente de passagem, nossa terra não é daqui, como podemos defender valores desta terra? Devemos defender os valores do céu! O que mais me deixa entristecido é que muitos cristãos estão nessa manifestação, porém poucos saem para as ruas para pregar a palavra, ou evangelizar, qual nossa prioridade? Esse mundo jaz do maligno, como você pode lutar por ele? Por um mundo melhor?
Certa vez perguntaram a Jesus sobre o pagamento de imposto se é certo ou não, em Mateus 22: 15-22. Ele simplesmente disse:''Dê a César o que é de César e a Deus o que é de Deus'' Naquela época os judeus pagavam tributos altíssimos aos romanos e nem por isso Jesus disse que eles deveriam lutar pelos seus direitos, muito pelo contrário, pagar. Tanto é que em mateus 17: 24-27, Jesus ensina que para não escandalizar, devemos pagar nossos impostos.
Talvez você pense, mas e a justiça? seria justo pagar impostos tão altos?
Romanos 12:18, diz para vivermos em paz com Todos e no Vs. 19, ''não devemos nos vingar de nada, mas sim deixar com Deus a ira'', pois Ele é justo e a Justiça pertence a Ele.
Romanos 13:1, Paulo Diz que as autoridades foram estabelecidas por Deus e TODOS devem se sujeitar à elas.
E o versículo 2, diz que Aquele que se rebela contra uma autoridade, se Rebela contra Deus e quem faz isso  TRAZ CONDENAÇÃO PARA SI MESMO, você quer trazer condenação para si?
Em romanos 13:5, Paulo diz para sermos submissos às autoridades, não apenas por causa da possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência. ou seja, Devemos ser submissos para com aqueles que estão no poder.
E por fim, nosso papel como verdadeiros Cristãos é Orar pelas autoridades e pelos governantes. 1 Timóteo 2:1-4, pois isso é aceitável perante ao Senhor.
Talvez se nós nos dedicássemos a oração pelas autoridades de nosso país a situação não estaria como está.
Dedique-se a Oração pelas autoridades e Governantes!

Kerix!